e-sic
Acessibilidade ☰
◑ Alto Contraste [alt+5]
Rodapé [alt+4]
Busca [alt+3]
Menu [alt+2]
Conteúdo [alt+1]
SALVADOR DAS MISSÕES
PREFEITURA MUNICIPAL
"Olhar para frente. Olhar por todos!"
Encontre notícias e documentos do Portal Municipal
Clique para mostrar acesso rápido aos portais ▼
Secretaria da Assistência Social e do Idoso
03/07/2018 10:08:39 - Atualizado em 06/07/2018 09:49:13
por Adriel Staudt Schardong
Assinado o Termo de Colaboração para implementação da Casa de Acolhimento
O próximo passo será o início das reformas no prédio
Visualizada por 697 pessoas.
Na manhã desta terça-feira, na Prefeitura Municipal de Cerro Largo, foi realizada a assinatura do Termo de Colaboração firmado com a fundação Pe. Pio de Pietrelcina para viabilizar a implantação da unidade de acolhimento institucional para crianças e adolescentes na antiga escola São Nicolau, na Vila Caraguatá, interior do município.

Na ocasião, estiveram presentes ainda os Prefeitos dos municípios de Cerro Largo, Roque Gonzales e São Pedro do Butiá, além de representantes da fundação Pe. Pio de Pietrelcina. Desde o início do projeto, a criação do Centro de Acolhimento é acompanhada pelo Ministério Público, através do Promotor de Justiça de Cerro Largo Dr. André Luiz Negrão Duarte, que também esteve presente nesse ato.

Salvador das Missões esteve representado pelo Prefeito Municipal Daniel Gorski juntamente com a Primeira Dama Leiva Gorski, Secretário da Saúde Airton Luis Schmitt, Assistente Social Lucieli Andrezjwski Tobias e o Vereador representante da Vila Caraguatá Julci Vanderlei Luft.

Atualmente, o consórcio é composto por 6 municípios, sendo Salvador das Missões, Cerro Largo, Guarani das Missões, São Pedro do Butia, Roque Gonzalez e Ubiretama. A primeira diretoria conta com o Prefeito Daniel Gorski como presidente, João Haas, prefeito de Roque Gonzales, é o vice-presidente e Valter Spies, de Cerro Largo, é o tesoureiro. 

O próximo passo será o início das reformas no prédio da antiga Escola São Nicolau, onde estará sediada a Unidade de Acolhimento. O objetivo do consórcio é de que, no máximo em 60 dias, a Casa de Acolhimento esteja em funcionamento.
LOGIN SISTEMAS
SISTEMAS / LOGIN