e-sic
Acessibilidade ☰
◑ Alto Contraste [alt+5]
Rodapé [alt+4]
Busca [alt+3]
Menu [alt+2]
Conteúdo [alt+1]
SALVADOR DAS MISSÕES
PREFEITURA MUNICIPAL
"Olhar para frente. Olhar por todos!"
Encontre notícias e documentos do Portal Municipal
Clique para mostrar acesso rápido aos portais ▼
NOTÍCIAS
MÍDIA / NOTÍCIAS
Publicado em 23/10/2017 17:29:54
por Adriel Staudt Schardong
Comunidade abraça projeto da Casa de Acolhimento São Nicolau
Em reunião realizada na Linha Caraguatá, projeto foi explicado por autoridades
Visualizada por 357 pessoas.
Segundo a organização, a grande maioria das famílias esteve representada no evento
A comunidade da Linha Caraguatá recebeu na noite da terça-feira, 24 de outubro, uma importante reunião para discutir o projeto instigado pelo Ministério Público de Cerro Largo, em uma mobilização de 9 municípios da região, para a criação de uma Casa de Acolhimento. O projeto iniciou ainda em 2015, provocado pelo Promotor de Justiça Dr. André Luiz Negrão Duarte, sendo que este vem desde aquela época buscando a melhor maneira de tirar o plano do papel.

A ideia de realizar o empreendimento na Linha Caraguatá surgiu com o conhecimento da Escola da Comunidade por parte do Promotor e de outros prefeitos da região, que encontraram uma estrutura até então sem ser utilizada, mas que, porém, encontra-se em excelente estado de conservação, o que possibilita a instalação da Casa de Acolhimento, sem investimentos tão grandes, em comparação a outros espaços cogitados, ou mesmo, à possibilidade de construir uma nova estrutura.

Além do Promotor de Justiça e do Prefeito Daniel Gorski, o evento contou com a presença do Dr. Marco Antonio Preis, juiz de Direito da Comarca de Cerro Largo, e dos prefeitos de Campina das Missões, Cerro Largo, Guarani das Missões e Sete de Setembro, alguns dos municípios que participarão do Consórcio. A prefeita de São Paulo das Missões também esteve visitando a estrutura da escola mais cedo.

O Promotor, Dr. André, explanou à comunidade sobre o que é este Centro de Acolhimento, no sentido de explicar que ali serão recebidas crianças que passaram por maus tratos, abusos ou negligência familiar. Ou seja, não são crianças e adolescentes com problemas com drogas, ou infratoras, mas sim, que de certa forma não encontram amparo familiar, e portanto terão isso proporcionado pela Casa de Acolhimento.

Para o prefeito Daniel Gorski, na mesma linha das demais autoridades, o fato do município dispor da estrutura para uma tão importante ação, é de um tamanho social imensurável, pois os habitantes da casa estarão vivenciando a comunidade da Linha Caraguatá, e de lá guardarão os bons exemplos, visualizando uma comunidade trabalhadora, organizada e com forte atuação religiosa.

A recepção da comunidade não poderia ser melhor. Houve inclusive questionamento sobre a possibilidade de ficar com alguma criança, por exemplo, por um final de semana, em casa, na convivência familiar da comunidade. Outro fato que motiva a comunidade a apoiar a ideia, é que, segundo os ex-professores do educandário, muito entristece ver aquela bela estrutura abandonada e sem uso. Ainda segundo a comunidade, o Centro de Acolhimento trará de volta a vida à Escola São Nicolau.

Após a reunião com a comunidade, os prefeitos e assessorias jurídicas dos municípios seguem as tratativas legais para a firmação do Consórcio. As obras de adequação bem como a mobilha terão seus custos rateados entre os municípios do Consórcio, com exceção de Salvador das Missões que estará isento por ter cedido a estrutura.
LOGIN SISTEMAS
SISTEMAS / LOGIN